Histórico


    Categorias
    Todas as mensagens
     Quadros
     Livros
     Crônicas
     Poesias
     Fotos


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     Caros Ouvintes
     Tarobá
     Drop Dead


     
    JORNAL CULTURA E LAZER


    A MULHER FAZ A DIFERENÇA

    Numa ocasião, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, saiu para jantar com sua esposa, Michelle,  e foram a um restaurante não muito luxuoso, porque queriam fazer algo diferente e sair da rotina. Estando sentados à sua mesa no restaurante, o dono pediu aos guarda-costas para aproximar-se e cumprimentar a primeira dama,  e assim o fez.

    Quando o dono do restaurante se afastou, Obama perguntou a Michelle: Qual é o interesse deste homem em te cumprimentar?

    Michele respondeu: Acontece, que na minha adolescência, este homem foi muito apaixonado por mim durante muito tempo.

    Obama disse então: Ah, quer dizer que se você tivesse se casado com ele, hoje você seria dona deste restaurante?

    Michelle respondeu: Não, meu querido, se eu tivesse me casado com ele, hoje ele seria o Presidente dos Estados Unidos.



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 17h40
    [] []



    COM DOIS T

    DONATO RAMOS – 25/8/2011

     

    Tenho um amigo. O nome dele é com dois T e pode ser lido de trás pra frente também, sem perder a identidade.

    Acabo de ler um dos seus livros (também tenho amigos que são escritores!).

    É um romance.

    Na vida real tem tantas histórias iguais, que ele tirou a sua da vida real, lógico!

    As histórias estão aí pra quem quiser contar e se tornar escritor dos bons como é o meu amigo dos dois T.

    Ah! Estava dizendo que acabei de ler o seu livro.

    Como tantos homens maduros o seu personagem acabou sendo envolvido por uma mulher bonita.

    Grande coisa, você vai dizer, são tantos os homens que se envolvem com mulher bonita.

    Acontece que o personagem do meu amigo com dois T acaba se dando bem: voltou prá casa.

    É a única maneira de se dar bem – quando a mulher que ficou chorando recebe-o de volta sorrindo. (Lá por dentro ela está dizendo – Bem feito, seu calhorda! Agora volta com o rabinho embaixo das pernas, humilde e mais bondoso do que era. Pode voltar que eu já estava com medo de ter que trabalhar um bom bocado pra sustentar aquela cambada de filhos que está lá em casa sem fazer nada o dia inteiro, fingindo que estudam).

    Quer aprender como um homem se ferra bonito por um par de pernas lisinhas, sem estrias e perfumadas?

    Leia O SOL HÁ DE BRILHAR.

    É do escritor - meu amigo - com dos T.

    Ele se chama OTTO. Lendo-se ao contrário dá no mesmo. Não disse?

    O sobrenome é muito difícil de pronunciar: Pf�?tzenreuter.

    Mas o romance é fácil de ler. E é uma lição de vida. Aliás, de muitas vidas!

    ...

    O SOL HÁ DE BRILHAR – de Rudney Otto Pf�?tzenreuter. Editora Insular.

     





    DONATO RAMOS
            www.jornalculturaelazer.zip.net

    ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL POETAS DEL MUNDO
              C�?nsul da Região Metropolitana de Florianópolis - SC
            http://aliflorfpolis.blospot.com
                    www.agbook.com.br


    Escrito por jornal cultura e LAZER às 16h04
    [] []



    Salvo pela gentileza

    Conta-se uma história de um empregado em um frigorifico da Noruega.
    Certo dia ao término do trabalho foi inspecionar a câmara frigorífica.
    Inexplicavelmente, a porta se fechou e ele ficou preso dentro da
    camara. Bateu na porta com força, gritou por socorro, mas ninguém o
    ouviu, todos já haviam saído para suas casas e era impossível que
    alguém pudesse escutá-lo.
    Já estava quase cinco horas preso, debilitado com a temperatura
    insuportável. De repente a porta se abriu e o vigia entrou na câmara e
    o resgatou com vida.
    Depois de salvar a vida do homem, perguntaram ao vigia: - Porque foi
    abrir a porta da câmara se isto não fazia parte da sua rotina de
    trabalho?.
    Ele explicou: Trabalho nesta empresa há 35 anos, centenas de
    empregados entram e saem aqui todos os dias e ele é o único que me
    cumprimenta ao chegar pela manhã e se despede de mi m ao sair.
    Hoje pela manhã disse “Bom dia” quando chegou. Entretanto não se
    despediu de mim na hora da saída. Imaginei que poderia ter-lhe
    acontecido algo.
    Por isto o procurei e o encontrei..



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 00h39
    [] []



    - Alô.
    - Alô, poderia falar com o responsável pela linha?

    - Pois não, pode ser comigo mesmo.
    - Quem fala, por favor?

    - Edson.
    - Sr. Edson, aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção OI linha adicional, onde o Sr. tem direito...

    - Desculpe interromper, mas quem está falando? - Aqui é Roselaine, da OI, e estamos ligando...
    - Roselaine, me desculpe, mas para nossa segurança, gostaria de conferir alguns dados antes de continuar a conversa, pode ser?
    - Bem, pode..

    - De que telefone você fala? Meu bina não identificou.
    - 10331.

    - Você trabalha em que área, na OI?
    - Telemarketing Pro Ativo.

    - Você tem número de matrícula na OI?
    - Senhor, desculpe, mas não creio que essa informação seja necessária.

    - Então terei que desligar, pois não posso ter segurança que falo com uma funcionária da OI. São normas de nossa casa.
    - Mas posso garantir....

    - Além do mais, sempre sou obrigado a fornecer meus dados a uma legião de atendentes sempre que tento falar com a OI.
    - Ok.... Minha matrícula é 34591212.

    - Só um momento enquanto verifico.
    (Dois minutos depois)
    - Só mais um momento.
    (Cinco minutos depois)
    -
    Senhor?
    - Só mais um momento, por favor, nossos sistemas estão lentos hoje.

    - Mas senhor...
    - Pronto, Roselaine, obrigado por ter aguardado. Qual o assunto?

    - Aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção, onde o Sr. tem direito a uma linha adicional. O senhor está interessado, Sr. Edson?
    - Roselaine, vou ter que transferir você para a minha esposa, porque é ela que decide sobre alteração e aquisição de planos de telefones.

    - Por favor, não desligue, pois essa ligação é muito importante para mim.
    (coloco o telefone em frente ao aparelho de som, deixo a música Festa no Apê do Latino  tocando no Repeat (quem disse que um dia essa droga não iria servir para alguma coisa?), depois de tocar a porcaria toda da música, minha mulher atende:
    - Obrigado por ter aguardado.... pode me dizer seu telefone pois meu bina não identificou..

    - 10331.

    - Com quem estou falando, por favor.
    - Roselaine

    - Roselaine de que?
    - Roselaine Oliveira (já demonstrando certa irritação na voz).

    - Qual sua identificação na empresa?
    - 34591212 (mais irritada agora!).

    - Obrigada pelas suas informações, em que posso ajudá-la?
    - Aqui é da OI, estamos ligando para oferecer a promoção, onde a Sra tem direito a uma
    linha adicional. A senhora está interessada?
    -
    Vou abrir um chamado e em alguns dias entraremos em contato para dar um parecer,
    pode anotar o protocolo por favor.....alô, alô!

    TUTUTUTUTU...
    - Desligou.... nossa que moça impaciente!



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 14h03
    [] []



    O ANIVERSÁRIO DE NANÁ

    NANÁ, UMA SENHORA DE MUUUIIITAA IDADE, PEDE AO SEU FILHO:
    - "FILHINHO", (O FILHINHO TEM  62 ANOS, CALCULEM A IDADE DA MÃE)
    - SIM MAMÃE, DIZ O FILHO....
    - BEM, EU QUERIA FAZER UMA REUNIÃO AQUI COM AS MENINAS,

    SERÁ QUE VC PODERIA ME DAR UMA AJUDA?.

    - CLARO MAMÃE. FIQUE TRANQUILA QUE EU ARRUMO TUDO..
    - ARRUMAR O QUE???
      - A FESTA, MÃE!!
    - AH SIM! JÁ TINHA ME ESQUECIDO.

    A TARDE, O FILHO CHAMA A MÃE NA COZINHA E LHE MOSTRA UM PAPEL

    PRESO A GELADEIRA COM UMA LISTA DO QUE FAZER:

    1- SERVIR CHÁ
    2- SERVIR SANDUICHES
    3- SERVIR MAIS CHÁ
    4- SERVIR DOCINHOS


    QUE BOM!! DIZ A MÃE. AGORA NÃO TEREI PROBLEMAS.

    OBRIGADA FILHINHO.

    MAIS TARDE, AS "MENINAS" CHEGAM.
    NANÁ, COMO UMA BOA ANFITRIÃ, ACOMODA AS AMIGAS

    NA SALA DE ESTAR

    E VAI ATÉ A COZINHA…
    VENDO A LISTA, LÊ:
    1- SERVIR CHÁ
    ELA LEVA O CHÁ PARA AS AMIGAS NUMA BELA BANDEJA..
    DEPOIS COMEÇAM A FALAR SOBRE OS SUCESSOS ATUAIS

    (LEMBRANDO DE 1930...)

    PASSA-SE ALGUM TEMPO E NANÁ, JÁ MEIO NERVOSA, VAI NOVAMENTE

    A COZINHA E LÊ:
    1- SERVIR CHÁ
    E SERVE CHÁ NOVAMENTE, E ASSIM O FAZ MAIS QUATRO VEZES.
    ALGUM TEMPO DEPOIS, AS "MENINAS" VÃO EMBORA.

    ENQUANTO SAEM DO EDIFÍCIO UMA COMENTA COM OUTRA::
    - NOSSA!! QUE ABSURDO!! QUE MÁ ANFITRIÃ É A NANÁ.

    NEM UM CHÁ NOS SERVIU.
    E A OUTRA RESPONDE:
    - NANÁ? QUE NANÁ? NEM SEI DE QUEM VC ESTÁ FALANDO.

    A NOITE, O FILHO CHEGA A CASA DA MÃE E ACHA ESTRANHO O FATO DE

     TODOS OS SANDUÍCHES E DOCINHOS ESTAREM AINDA INTACTOS,

    ENTÃO PERGUNTA A MÃE:
    - MAMÃE, O QUE ACONTECEU? NÃO GOSTARAM DOS

    SANDUICHES E DOS DOCINHOS?
    AO QUE A MÃE RESPONDE:
    -  QUE NADA! VC ACREDITA QUE ELAS NEM APARECERAM???
     
      


        NÃÃÃOOO, NÃO VAI ACONTECER CONOSCO

    SE NÓS EXERCITARMOS NOSSO CÉREBRO!!!

     MELHOR NOS REUNIRMOS AGORA

    ENQUANTO AINDA NOS CONHECEMOS...



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 13h02
    [] []



    COMO É IMPORTANTE SABER PORTUGUÊS!!!!

     

    O Presidente de um Banco estava preocupado com um jovem e brilhante
    diretor que, depois de ter trabalhado durante algum tempo com ele, sem
    parar nem para almoçar, começou a ausentar-se ao meio-dia. Então o
    Presidente chamou  um detetive e disse-lhe:

    - Siga o Diretor Lopes por uma semana durante o horário do almoço.

    O detetive, após cumprir o que havia lhe sido pedido, voltou e informou:

    - O Diretor Lopes sai normalmente ao meio-dia, pega o seu carro, vai à
    sua casa almoçar, faz amor com a sua mulher, fuma um dos seus excelentes
    charutos cubanos e regressa ao trabalho.

    Responde o Presidente:

    - Ah, bom, antes assim. Não há nada de mal nisso.

    Logo em seguida o detetive pergunta:

    - Desculpe. Posso tratá-lo por tu?

    - Sim, claro! - respondeu o Presidente surpreendido!

    - Bom, então vou repetir. O diretor Lopes sai normalmente ao meio-dia,
    pega o teu carro, vai à tua casa almoçar, faz amor com a tua mulher,
    fuma um dos teus excelentes  charutos cubanos e regressa ao trabalho...
    Entendeu agora?


    A Língua Portuguesa é mesmo fascinante!!

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 12h12
    [] []



    CONVITE

     

    POETAS DE MATO GROSSO DO SUL, EM ESPECIAL OS DE CAMPO GRANDE

    NOS 112º ANOS DA MORENA A POESIA PARTICIPARÁ DAS COMEMORAÇÕES.

    TRAGAM SUAS GARRAFAS PET - ENFEITADAS COM FITAS NAS CORES VERMELHA, AZUL, AMARELO,

    E VENHAM AMARRAR SEUS POEMAS NA AVENIDA. 

    TRAGAM A POESIA ATÉ O POVO!

    Delasnieve Daspet - Poeta, essencialmente!

     

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 20h34
    [] []



    VAMOS COLOCAR
    IDOSOS NAS CADEIAS.

     -Desta maneira, os idosos teriam todos os dias acesso a um ducha, lazer, passeios ..  companhia.

    -Não teriam necessidade de fazer comida, fazer compras, lavar a louça, arrumar a casa, lavar roupa etc.

    -Teriam medicamentos e assistência médica regular e gratuita. Estariam permanentemente acompanhados.

    -Teriam refeições quentes e a toda hora; e não teriam que pagar pelo seu alojamento.

    -Teriam direito a vigilância permanente por vídeo e receberiam assistência imediata em caso de acidente ou emergência sem planos de saúde.

    -Suas camas seriam mudadas duas vezes por semana e a roupa lavada e passada com regularidade.

    -Um guarda visitá-los-ia a cada 20 minutos e levar-lhes-ia a correspondência diretamente em mão.

    -Teriam um local pra receberem a família ou outras visitas, acesso a uma biblioteca, sala de exercícios e terapia física / espiritual.

    -Seriam encorajados a arranjar terapias ocupacionais adequadas, com formadores, instalações e equipamento gratuitos.

    -Ser-lhes-ia fornecido gratuitamente roupas e produtos de higiene pessoal. Teriam assistência jurídica gratuita.

    -Viveriam numa habitação privada e segura, com um pátio para convívio e exercícios.

    -Acesso a leitura, computador, televisão, rádio, celulares e chamadas telefônicas na rede fixa.

    -Teriam um secretariado de apoio, e ainda Psicólogos, Assistentes Sociais, Políticos, Televisões, Anistia Internacional, etc., disponíveis para
    escutarem as suas queixas. E a fiscalização de ONGs de direitos humanos, controlando tudo.

    -O secretariado e os guardas seriam obrigados a respeitar um rigoroso código de conduta, sob pena de serem duramente penalizados.

    -Ser-lhes-iam reconhecidos todos os direitos humanos internacionalmente convencionados e subscritos.

    -O mais importante, ainda, é que seriam beneficiados com o Auxílio Reclusão, reajustado anualmente.



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 00h58
    [] []



    VAMOS COLOCAR OS BANDIDOS NAS CASAS DE REPOUSO

     

      -Delinquentes viveriam numa pequena habitação com obras feitas há mais de 50 anos.

    -Teriam que confeccionar a sua comida e comê-la muitas vezes fria e fora de horas.

    -Teriam que tratar da sua roupa. Viveriam sós e sem vigilância.

    -Esquecer-se-iam de comer e de tomar os medicamentos e não teriam ninguém que os ajudasse.

    -De vez em quando seriam vigarizados, assaltados ou até violados.

    -As instituições e os políticos não lhes dariam qualquer importância ou assistência.

    -Morreriam após anos à espera de uma consulta médica ou de uma operação cirúrgica.

    -Não teriam ninguém a quem se queixar. Todos se conformariam com o abandono e com a má sorte.

    -Tomariam um banho de 15 em 15 dias, sujeitando-se a não haver água quente ou a caírem na banheira velha.

    -Passariam frio no Inverno porque não teriam aquecimento.

    -O entretenimento diário consistiria em ver telenovelas, jogar bingo ou ler jornais velhos, isso se a visão permitir.

    **Reflitam e façam circular esta idéia.**  QUEM SABE NOSSOS POLÍTICOS VOTEM UMA LEI NESSE SENTIDO
    -Digam se desta forma não haveria mais justiça para todos e os contribuintes agradeceriam?



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 00h57
    [] []



    DIA DOS PAIS

    Que as bênçãos de Jesus estejam no seu lar e iluminem sempre mais todos que nele habitam.

    Parabéns ,pai, pelo seu dia.

    Muita PAZ,SAÚDE, ENERGIA,INSPIRAÇÃO.

    Aos pais Amigos da Aliflor - ASSOCIAÇÃO LITERÁRIA FLORIANOPOLITANA.

    Com um abraço de Janice. 



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 00h28
    [] []



    Curso de Teatro de Bonecos

    Modulo 1: “Confecção de Bonecos com Materiais Recicláveis”

    Ministrante: Claudete T. da Mata

    Nosso objetivo maior, com o presente Modulo, é difundir a arte cênica, com formas animadas, através de materiais recicláveis, como forma de colaborar com a diminuição de resíduos nocivos à mãe natureza, como: embalagens plásticas, papelão, papel e outros.

    O teatro de bonecos será visto neste projeto, como mais um método de ensino, com a tendência de caminhar a um futuro mais próximo! Os bonecos, enquanto instrumentos pedagógicos nas mãos de educadores e educandos poderão contribuir com o processo de alfabetização, contação de histórias, ensino geográfico, científico, histórico, etc. As experiências com arte-educação, na utilização de bonecos, têm oferecido suportes que mostra o quanto às formas animadas têm contribuído com os processos de ensino e aprendizagem, de maneira lúdica através de suas facetas.

    Os bonecos com seus trejeitos, suas vozes variáveis, que despertam o interesse das crianças, proporcionando-lhes um ambiente rico em interatividade.

    Crianças e adultos podem confeccionar e manipular bonecos através de improvisos relacionados a uma diversidade de temas, os quais podem ser propostos pela própria criança, por pais e educadores.

    Assim sendo, o presente curso vem remontar a arte cênica com bonecos, criada historicamente pelos homens pré-históricos, os quais utilizavam barro, ossos de animais, galhos de árvores e as tinturas extraídas da própria natureza e outros elementos naturais, para a confecção de seus bonecos, sem agredirem o meio ambiente.

    É importante lembrar que o ser humano, desde a pré-história, sempre apresentou necessidade de se expressar através da arte. E viajando neste processo historicamente construído, os seres humanos vem fazendo uso de imagens, sons e movimentos até a atualidade. Sendo assim, a arte como um todo, na pré-história, teve início quando foram encontradas as primeiras pinturas figurativas nas cavernas, onde os nossos ancestrais registravam as suas memórias.

    Cabe-nos esclarecer que arte pré-histórica se diferencia da arte primitiva, ou seja, a arte pré-histórica representa o desconhecido visto e vivenciado, já a arte primitiva reproduz o que já é conhecido, exemplificando: A arte infantil.

    Inúmeras pesquisas nos indicam que o teatro de bonecos é uma arte pré-história, quando os homens das cavernas, fascinados com as suas sombras refletidas nas pedras, passariam a desenvolver o teatro, iniciando pelo teatro de sombras como meio de divertimento de crianças e adolescentes. Mais adiante, os homens pré-históricos partiram em buscar de outras formas de confecção de bonecos, utilizando o barro como matéria prima. A partir desse principio, nasce o teatro de bonecos, superando as dificuldades seculares, até a atualidade encantando platéias de todas as faixas etárias, sendo difundido em países do oriente ao ocidente.

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 09h56
    [] []



     RECEBI DA ESCRITORA ROSA DESOUZA

    ALB - Primeira Academia Mundial da Ordem de Platão
    Organização Cultural Politicamente Ativa
    Instituição Internacional de Cultura

    Academia de Letras do Brasil - ALB

     

    CONVIDA

     

    Sessão solene de Diplomação

     

    De

     

     Rosa DeSouza

     

    Doutora Honoris Causa –Ph.I. Filósofa

    e

    Presidente da ALB/Internacional para Portugal

     

    Dia 3 de setembro de 2011

    Sábado – 15 horas

    Prefeitura Municipal de Alfredo Wagner

     

    Mário Carabajal – Presidente da ALB

    Miguel João Simão – Presidente da ALB/SC

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 12h44
    [] []



     

    POETA GIBIM - VOTUPORANGA -

    MOSTRA OS EXEMPLARES DO LIVRO PROSA & VERSOS,  do qual participa.

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 00h55
    [] []



     
    Pai e Filhos
     
    Hoje sou filho, feito pai
    Olhando meus filhos com amor
    Sonho que de perto vai
    Certo como o amor de meu pai.
     
    Amor que não sai do meu peito
    Respeitando o direito em ser pai
    Sou filho deste destino que se vai
    Honro o prazer que me cai.
     
    Pai com muito amor e carinho,
    Um dia vi papai chorando sozinho...
    Daí percebi como filho, o valor de ser pai.
     
    Que é chorar escondido o orgulho de ser homem,
    De sofrer calado a vergonha, se assim o for...
    Como pai o pão e amor para seu filho.
     
    (Em memoria de Daniel Moura)
     
    Cesar Moura
     

     



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 14h04
    [] []



    AGBOOK

    RECEBI E DIVULGO COM PRAZER:

    Olá Donato,

     

    A unidade da AlphaGraphics na Chácara Santo Antônio, em São Paulo, passa a integrar a rede de impressões do agBook (www.agbook.com.br), primeira rede física de impressão de livros sob demanda do mundo. Assim, os clientes poderão optar pela retirada do produto na própria unidade, sem pagar pela taxa de frete para entrega. Localizada na Rua Américo Brasiliense, 1866, em Santo Amaro, a AlphaGraphics Chácara Santo Antônio é a 12ª unidade da rede a fazer parte do serviço, disponibilizando sua tecnologia e infra-estrutura para a impressão das obras literárias do agBook (www.agbook.com.br).

     

    Em São Paulo, ainda é possível programar a retirada dos livros nas unidades da AlphaGraphics Faria Lima, Bela Vista, Berrini, CENU, Pinheiros, Vila Olímpia, Jardins, Guarulhos, na grande SP, e Ribeirão Preto, no interior do Estado. O Rio de Janeiro também participa do projeto, por meio da unidade Guanabara. A AlphaGraphics Goiânia fecha a relação das unidades da rede homologadas para a impressão dos livros.

     

    Com temas que variam de administração a teatro, em 40 seções temáticas, todos os livros do agBook(www.agbook.com.br) apresentam o selo FSC, certificação que garante que os materiais oriundos da madeira são de florestas bem manejadas. Além disso, os exemplares só são impressos após cada compra, o que diminui o desperdício dos recursos naturais. Ao mesmo tempo, o agBook (www.agbook.com.br) democratizou a literatura nacional, abrindo espaço para autores independentes publicarem suas obras sem custo. Vale lembrar que, após o processamento do pagamento, o livro fica pronto em apenas três dias úteis. Então, os clientes escolhem se querem receber o produto em casa ou retirá-lo nas unidades da AlphaGraphics credenciadas.

     

    Abraços.

    Time agBook

    www.agbook.com.br

    www.twitter.com/ag_book

    www.facebook.com/agbook

    É no AGBOOK e CLUBE DE AUTORES que você compra os livros da Editora Somar. Impressão de livros por demanda. Você recebe o livro em casa, pelo Correio. DÊ LIVROS DE PRESENTE!



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 11h38
    [] []



    Sindeccascavel: nova diretoria

     (Por CLEYTON COSTA - correspondente - JORNAL CULTURA E LAZER - FLORIANÓPOLIS SC))

    Aconteceu de forma normal o processo eleitoral da nova diretoria do SINDECCASCAVEL - Sindicato dos Empregados no Comércio de Cascavel e Região. O pleito aconteceu no dia 8 de agosto de 2011 das 8 as 17 horas com urnas instaladas na sede da entidade e em urnas itinerantes acompanhadas por fiscais eleitorais e os respectivos mesários que percorreram as empresas onde tinha comerciários aptos a votarem.

     

    Com chapa única "Comerciários Unidos", encabeçada pelo atual presidente Paulo Roberto Morais que foi eleita para comandar os destinos da entidade para o período de agosto de 2011 a agosto de 2015. A chapa obteve quase 87,36% dos sufrágios.


    A apuração da eleição foi comandada por membros da Federação dos Empregados no Comércio do Paraná – FECEP representada pelo diretor Osmar Barbosa da Silva – presidente do Sindicato dos Comerciários de Assis Chateaubriand e pelo Presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Toledo Flávio Bonifácio Pinto e pela comerciária Elma Assis Marinho.


    O Sindeccascavel tem sua base territorial estendida a 18 municípios da região Oeste com escritórios avançados em Quedas do Iguaçu e Corbélia para atender melhor os comerciários das comunidades próximas a essas cidades.


    Entre as principais propostas da nova diretoria destacam-se: A continuação das lutas de interesse dos comerciários; Instalação de novas subsedes em outras cidades da base territorial; Contratação de novos convênios; Viabilizar a implantação de consultórios médico e odontológico; Integração dos comerciários com a promoção de eventos culturais, sociais e esportivos; Disponibilizar cursos e palestras de aperfeiçoamento e qualificação profissional para os comerciários e seus dependentes.


    A diretoria foi renovada em cerca de 25% com a presença de novos membros e a posse deverá ser agendada na semana que vem e deve acontecer num prazo máximo de trinta dias após o pleito.

     

    Diretoria Executiva:

     

    Presidente: Paulo Roberto Morais

    Vice-Presidente: Osvaldecy Pisápio

    Secretária: Ivone Tonietto Nunes

    2º Secretária: Adélia Duarte da Silva

    Tesoureira: Salete L. Dos Santos

    2º Tesoureira: Maria José Duarte

    Dir. Esporte e Lazer: Alberto Sotana

    Dir. Patrimônio: Nelson Paiz

    Dirª. Social: Marlene Duarte da Silva

    Suplentes

     

    Júlio César Corrêa

    Sílvio Antônio Couto

    Célia S. O. Mikulki

    Adilson Ruth Peppes

    Aline T. De Freitas

    Ivete Pegoraro

    José Buchelt

    Francimar dos Santos

    Sidnei Sturza Dutra

     

    Conselho Fiscal:

    Joaquim Diniz Miguel

    Airton Ap. Do Nascimento

    Diuvana Luiza Nunes

    Suplentes

    Amarildo Machado

    Valdomiro D. Dos Reis

    Luci Célia Nezello

     

    Delegados

    Paulo Roberto Morais

    Osvaldecy Pisápio

     

    Suplentes

    Ivone Tonietto Nunes

    Salete L. Dos Santos

     

     

     

     

     

    Conselho Fiscal:

    Joaquim Diniz Miguel

    Airton Ap. Do Nascimento

    Diuvana Luiza Nunes

    Suplentes

    Amarildo Machado

    Valdomiro D. Dos Reis

    Luci Célia Nezello

    Delegados

    Paulo Roberto Morais

    Osvaldecy Pisápio

     

    Suplentes

    Ivone Tonietto Nunes

    Salete L. Dos Santos



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 11h17
    [] []





    Escrito por jornal cultura e LAZER às 22h10
    [] []



    ORELHA AZUL

    (ou CONGRESSO DE SACANAS)

    Foi desta cor, azul, que ficou minha orelha, depois que levei vários puxões (merecidos) da Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Florianópolis. Não vou pedir permissão pra contar, porque, se ficar calado, Rosarita vai puxar de novo. Foi hoje (8.8.2011) após reunião dos Delegados que representarão Florianópolis nas diversas Conferências sobre os Direitos dos Idosos – a Regional acontecendo em Biguaçu, na próxima semana, Estadual em Camboriú e, a final, em Brasília. (Somos em 12 Delegados – sendo 7 da Sociedade Civil e cinco Governamentais).Mas vamos ao puxão de orelhas:

    Se uma vírgula – de acordo com a sua colocação – salva vidas, muda conceitos, mata gente, etc. - o que diremos de um título de matéria?

    Aconteceu comigo. Descuidei com um título de matéria aqui publicada e distribuída por toda a minha relação de E-mails. Falava sobre o Congresso Nacional em Brasília, após a aprovação da Lei que acabou proibindo a prisão de quem me bater na minha cara no meio da rua e do Estatuto do Idoso que passa a não valer quase nada no que diz respeito às penalidades ali previstas para quem agredir ou roubar idosos. Para exemplificar todo o grandioso trabalho até agora feito pelos Conselhos de Idosos de todo o país, destaquei o magnífico desempenho do CMI de Florianópolis, cuja trajetória tenho acompanhado par e passo nos últimos seis anos, inclusive com um Jornal dedicado à Terceira Idade – sem apoio publicitário de quem quer que seja – por cinco anos consecutivos. Acontece que não mudei o título da matéria: CONGRESSO DE SACANAS (referindo-me ao CONGRESSO NACIONAL), ficando o título para toda a matéria: misturou-se, assim, o CONGRESSO NACIONAL com o CONGRESSO DO CONSELHO.

    Ai, meu Deus! Para que a Presidente do CMI chegasse a uma conclusão de que eu não me referia ao Congresso daqui e, sim, ao de lá, de Brasília, precisou ler três vezes a matéria publicada.

    Bem, entre mortos e feridos estou vivo!

    Vou prestar atenção aos novos títulos, mas neste artigo (acredito elucidativo) fica o mesmo, com a ressalva: ESTOU ME REFERINDO AO CONGRESSO NACIONAL que tornou os velhinhos vulneráveis mais ainda do que já eram e, não ao nosso glorioso Conselho Municipal do Idoso, de cujos eventos não perco um sequer.

    O caso da vírgula, pra quem não sabe: O condenado à morte queria o perdão do Rei, contrariando o desejo do Governador da sua Província. O Rei fez-lhe um bilhete pra entregar ao Governador que iria mandar decapitar o infeliz. Este, no caminho – porque ele mesmo iria entregar o bilhete, o qual pensava salvador – abriu o envelope e leu:

    SE VOCÊ CONDENA EU NÃO ABSOLVO. Assinado, o Rei.

    Tava frito. Lembrou-se da importância da vírgula e, sem esperar mais nada, lascou as vírgulas e um ponto, salvando-se da morte:

    SE VOCÊ CONDENA, EU NÃO. ABSOLVO.

    Ainda bem que coloquei a vírgula hoje à tarde e não fui decapitado pela presidente do CMI.

    ...

    DELEGADOS DE FLORIANÓPOLIS DISCUTEM PRIORIDADES



    Escrito por jornal cultura e LAZER às 20h40
    [] []




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]